04 junho 2019

Questões Comentadas Vunesp | Concurso PM São Paulo

Questões Comentadas Vunesp |  Concurso PM São Paulo


Concurso PM/SP – 2019 (Banca Vunesp) - Saiu o Edital ✓ Cargo de Oficial Remuneração: R$ 3.116,76 Vagas: 190 Data da prova: 30/06/2019 Carga horária: 40 horas semanais Escolaridade: nível médio Prova Objetiva e Dissertativa ✓ Cargo de Soldado Remuneração: R$ 3.143,70 Vagas: 2700 Data da prova: 28/07/2019 Escolaridade: nível médio Prova Objetiva e Dissertativa ✓ Quais Matérias Priorizar?


11 abril 2019

Concurso Prefeitura de Salvador | Fundação Getúlio Vargas | Questões FGV com Gabarito


Concurso Prefeitura de Salvador | Fundação Getúlio Vargas 

 Questões FGV com Gabarito


Texto 1 


 Fontes murmurantes

Não se trata de uma referência às fontes murmurantes cantadas por Ary Barroso em sua "Aquarela do Brasil". As fontes em questão são outras, estão atualmente em debate nos meios jornalísticos e legais: o direito de proteger o sigilo das "fontes".

Contrariando a maioria, diria até a unanimidade dos colegas de ofício, sou contra este tipo de sigilo e, sobretudo, contra as fontes em causa. Tenho alguns anos de estrada, mais do que pretendia e merecia, e em minha vida profissional nunca levei em consideração qualquer tipo de informação que não fosse assumida pelo informante. 

Evidente que fui mais furado do que um ralador de coco. Mas não fiz minha carreira no jornalismo na base de furos, que nunca os dei e nunca os levei a sério, uma vez que a maioria dos furos são, por natureza, furados. 

08 abril 2019

Português para Concursos - Questões Comentadas VUNESP | Pronomes

Português para Concursos - Questões Comentadas VUNESP | Pronomes



Saber resolver de forma objetiva as questões de Português é a melhor forma de você conseguir conquistar a sua aprovação.
Se você estudar alguns tópicos fundamentais da matéria e se tiver uma estratégia bem definida para resolver as questões, você consegue aumentar (e muito) seu desempenho nas provas de Português tanto de nível médio quanto de nível superior.



06 abril 2019

Português para Concursos - Questões de Prova Vunesp

Português para Concursos - Questões de Prova Vunesp 2019

[Questões Vunesp | Com Gabarito]


Texto 01. 

Questão 01.  O sinal indicativo de crase está empregado corretamente, conforme a norma-padrão, em:

A. Uma feijoada acabou levando o menino mais novo à passar mal do estômago.
B. O turista foi à uma casa especializada em feijoada que os amigos lhe indicaram.
C. Feijoada é recomendável à quem deseja conhecer um prato típico brasileiro.
D. Uma boa feijoada pode agradar à representantes de qualquer classe social.
E. A moça pediu à avó que lhe revelasse o segredo daquela feijoada tão saborosa.

15 março 2019

Português para Concursos | Como Estudar Português



Olá! Aqui é a Prof.ª Eliane Vieira e este artigo é bem rápido. 
Eu só queria responder às perguntas mais frequentes que tenho recebido sobre o  curso "Como Estudar Português". 

Então, vamos lá...

12 março 2019

Português para Concursos - 03 Elementos para Acelerar sua Aprovação em concursos

Português para Concursos - 03 Elementos para Acelerar sua Aprovação em concursos


Está estudando para Concursos e quer acelerar sua aprovação?
No vídeo de hoje, vou mostrar quais são os três elementos que, se usados da forma correta, vão acelerar sua aprovação. Se você inserir esses três elementos no seu plano de estudos, você vai ver que seu resultado irá melhorar muito.

21 fevereiro 2019

Concordância Verbal e Concordância Nominal 4 de 5

 Concordância Verbal e Concordância Nominal |  Aula 4 de 5 



Concordância é um assunto extremamente cobrado em qualquer prova de concurso público de qualquer banca organizadora (Cespe, ESAF, Cesgranrio, IBFC, Vunesp, FCC, etc.) No vídeo de hoje, vou mostrar o que você deve fazer para começar a acertar mais questões tanto de concordância Nominal quanto Concordância Verbal.

05 fevereiro 2019

Dicas Práticas de Português para Concursos # 1| Semântica dos Modos Verbais


Dicas Práticas de Português para Concursos # 1| Semântica dos Modos Verbais


Se você vai prestar concurso público e acha que os conteúdos de Português são muito difíceis de estudar, fique tranquilo porque você vai aprender Língua Portuguesa de forma simples, prática e objetiva. A videoaula de hoje é sobre O Valor Semântico dos Modos Verbais.

31 janeiro 2019

Português para concursos | Questões FCC - Interpretação de Textos



 

Português para concursos  | Questões FCC - Interpretação de Textos 


Para onde vão as palavras
      Como se sabe, a palavra durante algum tempo foi obrigada a recuar diante da imagem, e o mundo escrito e impresso diante do falado na tela. Tiras de quadrinhos e livros ilustrados com um mínimo de texto hoje não se destinam mais somente a iniciantes que estão aprendendo a soletrar. De muito mais peso, no entanto, é o recuo da notícia impressa em face da notícia falada e ilustrada. A imprensa, principal veículo da esfera pública no século X I X assim como em boa parte do século XX, dificilmente será capaz de manter sua posição no século X X I.
      Mas nada disso pode deter a ascensão quantitativa da literatura. A rigor, eu quase diría que - apesar dos prognósticos pessimistas - o mais importante veículo tradicional da literatura, o livro impresso, sobreviverá sem grande dificuldade, com poucas exceções, como as das enciclopédias, dos dicionários, dos compêndios de informação etc., os queridinhos da internet.
(Adaptado de: HOBSBAWM, Eric. Tempos fraturados. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, p. 29-30.)


Questão 01. Está plenamente adequada a pontuação da seguinte frase:

A A menos que, por um milagre, as velhas enciclopédias sobrevivessem, os jovens de hoje, já acostumados com a rapidez, encontrariam nelas, certamente, um desafio para a sua paciência, quando as fossem consultar.


B A menos que por um milagre, as velhas enciclopédias sobrevivessem, os jovens de hoje já acostumados, com a rapidez, encontrariam nelas certamente, um desafio para a sua paciência, quando as fossem consultar.

C A menos que por um milagre, as velhas enciclopédias, sobrevivessem, os jovens de hoje já acostumados com a rapidez encontrariam nelas, certamente um desafio, para a sua paciência, quando as fossem consultar.

D A menos que por um milagre as velhas enciclopédias sobrevivessem, os jovens de hoje, já acostumados, com a rapidez encontrariam nelas, certamente, um desafio, para a sua paciência quando as fossem consultar.

E A menos, que por um milagre, as velhas enciclopédias sobrevivessem os jovens de hoje, já acostumados com a rapidez, encontrariam, nelas, certamente, um desafio para a sua paciência, quando as fossem consultar.


Questão 02.  O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se de modo a concordar com o elemento sublinhado na seguinte frase:

A Entre as várias atrações que (conter) um livro, uma é a de tornar-se um objeto do afeto de quem o possui.

B Se há imagens pelas quais se (deixar) prender um espectador, há palavras que encantam um leitor.

C Quando há num livro imagens excessivas, que (contaminar) um texto, as palavras saem desvalorizadas.

D A despeito de (haver) nele figuras demais, esse livro infantil atrai também um leitor adulto.

E Aos frequentadores da internet (atrair) sobretudo o volume de informações que nela circulam.



Questão 03.  A expressão A rigor, eu quase diría que (2° parágrafo) deve ser entendida, no contexto, com o mesmo sentido que tem a expressão:

A Por outro lado, devo convir que.
B Talvez eu possa mesmo asseverar que.
C Ainda assim, quase posso afiançar que.
D Para ser exato, estou para afirmar que.
E Pensando bem, eu deveria estar dizendo que.


Questão 04. Ao fazer um prognóstico da situação da literatura em nosso século, o autor acredita que ela

A perderá toda a sua qualidade artística, em função dos critérios quantitativos pelos quais se orientará.

B sobreviverá graças aos recursos visuais que pouco a pouco substituirão o espaço dos textos.

C assimilará recursos da internet que a farão recuperar seu prestígio como a arte mais querida de todas.

D sofrerá com o contínuo desprestígio das palavras, que desde o século XIX cedem lugar para as imagens.

E permanecerá representada pelos livros impressos, à exceção dos dicionários e publicações similares.


Português para concursos  | Questões FCC - Interpretação de Textos



Um documentário britânico

      No início dos anos 1980, uma equipe da TV BBC britânica veio ao Brasil gravar um documentário sobre as condições de vida numa favela do Rio de Janeiro. A ideia era mostrar de forma hiper-reaiista, no melhor estilo “câmera invisível” da tradição anglo-americana de reportagem, um dia na vida de uma jovem favelada. A intenção era explorar ao máximo as chagas abertas e a penúria do dia a dia na favela, as condições aviltantes da vida no morro.

      Acontece que a eleita para servir de fio condutor do programa personificava a negação viva de toda a carga de sombra e amargura que o registro clínico de seu cotidiano na favela nos faria esperar dela. A moça, porém, em meio à pobreza, irradiava uma energia alegre e espontânea, uma satisfação íntima consigo mesma e uma sensualidade exuberante que jamais se encontrariam numa inglesa de sua idade, não importando a classe social. Embora tivesse razões de sobra para queixar-se do destino e viver na mais espessa melancolia, ela esbanjava alegria de viver por todos os poros e arrancava luz das trevas com sua vitalidade interior.

      Inesquecível é a cena em que a moça ia buscar água numa bica distante de casa e, para o desconcerto da equipe da BBC, voltava carregando o balde pesado equilibrado na cabeça e... cantando! A relação assim estabelecida entre o barraco pobre e objetivo e o alegre palácio interior dá o que pensar. Pelo menos terá feito pensar muito os jornalistas britânicos que vieram para fazer uma reportagem e fizeram outra.

(Adaptado de: GIANETTI, Eduardo. Trópicos utópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 2016, p. 160-161)


 Questão 05.  A substituição do elemento sublinhado pelo que vem entre parênteses não altera o sentido nem implica incorreção na seguinte frase:

A A moça voltava cantando, para o desconcerto da equipe = desnorteando a

B O balde pesava-lhe na cabeca mas ela cantava = sobrecarregava-a sua cabeça

C Os traços de sensualidade evidenciavam sua disposição para a vida = mostravam-na imbuída

D Aos jornalistas espantou a forca de viver daquela jovem = admoestou-lhes o ímpeto inato

E Ao barraco pobre pode corresponder a forca do palácio interior = mostra-se análoga a investida



Questão 06. É clara e correta a redação deste livre comentário sobre o texto:

A Não contava a equipe de jornalistas em que a moça da favela intervisse com sua alegria na reportagem programada para ser de denúncia.

B Tipicamente europeus os jornalistas britânicos achavam que era impossível haverem expansões de alegria num cenário como os de uma favela.

C Aos jornalistas britânicos não ocorreu que os modos da jovem moradora da favela transcendessem as expectativas iniciais da reportagem.

D Talvez lhes tenha parecido excessivos os rompantes de alegria com que a jovem da favela não se continha diante dos jornalistas britânicos.

E A sensualidade da moça não se restringia sob o peso dos fatos que deveríam deprimir-lhe, mas que pelo contrário, nela se irradiavam com alegria.



Questão 07. Há transposição de uma voz verbal para outra e pleno atendimento das normas de concordância no seguinte caso:

A uma equipe de repórteres britânicos visitaria a favela / a equipe dos repórteres britânicos teriam visitado a favela.

B os costumes do dia a dia da favela seriam documentados / documentariam o cotidiano habitual de uma favela.

C a jovem personificava o contrário das expectativas / eram opostas as expectativas que personificavam a jovem.

D uma energia incontrolável era a marca dos gestos da jovem / a jovem marcava os gestos que não controlavam sua energia.

E o autor estabelece uma relação entre um barraco e um palácio / o autor faz ver a relação que estabelece um barraco e um palácio.


Questão 08. Estes dois segmentos expressam comportamentos ou atributos relativos à jovem moradora da favela não previstos pelos jornalistas britânicos:


A fio condutor do programa - no melhor estilo “câmera invisível”.
B carga de sombra e amargura - registro clínico de seu cotidiano.
C as chagas abertas e a penúria - na mais espessa melancolia.
D arrancava luz das trevas - as condições aviltantes da vida no morro.
E palácio interior-irradiava uma energia alegre e espontânea. 


Questão 09. 
O objetivo que trouxe ao Rio de Janeiro os profissionais da BBC

A foi parcialmente alcançado, pois a jovem moradora da favela não deixou de expor o otimismo brasileiro, reconhecido internacionalmente.

B remodelou-se durante a reportagem, já que as atitudes da jovem convenceram a equipe de jornalistas que a prioridade deveria ser outra.

C frustrou-se pelo fato de que o hiper-realismo da reportagem planejada consistia em se ater aos aspectos mais negativos da vida na favela.

D desviou-se do plano original, de vez que as mazelas sociais a serem destacadas eram menores do que as imaginadas pela equipe de jornalistas.

E mostrou-se inócuo, pois a personalidade da moça impedia qualquer visibilidade para os aspectos negativos da rotina de uma favela


Questão 10. 
Considerando-se o contexto, traduz-se adequadamente o sentido de um segmento do texto em:

A mostrar de forma hiper-realista (1° parágrafo) = figurar de modo sensacionalista.
B as condições aviltantes da vida (1° parágrafo) = os subterfúgios indignos da rotina.
C registro clínico de seu cotidiano (2° parágrafo) = interpretação analítica do seu dia a dia.
D Embora tivesse razões de sobra (2° parágrafo) = Ainda que lhe sobejassem motivos.
E para o desconcerto da equipe (3° parágrafo) = a fim de desnortear o grupo. 


Português para concursos  | Questões FCC - Interpretação de Textos

Gabarito


1.    A
2.    B
3.    D
4.    E
5.    A
6.    C
7.    B
8.    E
9.    C
10.  D


Quer Aprender a Resolver as Questões de Português Mais Cobradas Nas Provas da FCC?











Um Abraço e Até a Próxima.






22 janeiro 2019

Português para Concursos | Concordância Verbal - Questão Comentada FCC


Português para Concursos | Concordância Verbal - Questão Comentada FCC

Saber resolver de forma objetiva as questões de Português é a melhor forma de você conseguir conquistar a sua aprovação. Se você estudar alguns tópicos fundamentais da matéria e se tiver uma estratégia bem definida para resolver as questões, você consegue aumentar (e muito) seu desempenho nas provas de Português tanto de nível médio quanto de nível superior.



10 janeiro 2019

Português para Concursos | Interpretação de Textos - Banca CRS-PMMG

Português para Concursos | Interpretação de Textos  - Banca CRS-PMMG



A mulher do vizinho  

Contaram-me que na rua onde mora (ou morava) um conhecido e antipático general de nosso Exército morava (ou mora) também um sueco cujos filhos passavam o dia jogando futebol com bola de meia. Ora, às vezes acontecia cair a bola no carro do general e um dia o general acabou perdendo a paciência, pediu ao delegado do bairro para dar um jeito nos filhos do sueco.
O delegado resolveu passar uma chamada no homem, e intimou-o a comparecer à delegacia. 
O sueco era tímido, meio descuidado no vestir e pelo aspecto não parecia ser um importante industrial, dono de grande fabrica de papel (ou coisa parecida), que realmente ele era. Obedecendo a ordem recebida, compareceu em companhia da mulher à delegacia e ouviu calado tudo o que o delegado tinha a dizer-lhe. O delegado tinha a dizer-lhe o seguinte: 

29 dezembro 2018

Português para Concursos | Interpretação de Textos - Questões FGV


Português para Concursos  | Interpretação de Textos 

 FGV - 2013 - DETRAN-MA - Assistente de Trânsito


A EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO 

      A comunicação é uma arma poderosa na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, servindo ao mesmo tempo como instrumento de educação e conscientização. Campanhas de mobilização pelo uso de cinto de segurança, das práticas positivas na direção, da não utilização de bebidas alcoólicas ao dirigir, do uso da faixa de pedestres, entre outras, são comprovadamente eficientes. É crescente a preocupação com o ensino dos princípios básicos do trânsito desde a infância e ele pode acontecer no espaço escolar, com aulas específicas, ou também nos ambientes especialmente desenvolvidos para o público infantil nos departamentos de trânsito. Com a chegada do Código Brasileiro de Trânsito (CBT), em 1998, os condutores imprudentes passaram a frequentar aulas de reciclagem, com o propósito de reeducação.